domingo, 2 de novembro de 2008

O servo sofredor descrito por Yeshayahu



Shalom chaverim!

Resposta judaico messiânica às interpretações tendenciosas por parte dos judeus tradicionais sobre o servo sofredor descrito no capítulo 53 (cinquenta e três) do livro de ישעיהו הנביא, Yeshaiahu ha navi, o profeta Isaías:

Muito embora Israel seja chamado de servo em várias passagens bíblicas, inclusive no livro de Yeshaiahu, todavia nesse capítulo 53 não existe nada que prove ser de Israel que o profeta fala. Ainda mais porque o sangue de um povo ou de um ser humano pecador, jamais serviu para כפרה, kaparah, EXPIAÇÃO dos pecados de outros homens, senão o de um homem justo, o Mashiach, o qual foi profetizado figuradamente pelos animais (Yeshaiah, Isaías 53:7) que eram oferecidos no Mishkan. Como é possível se dizer que sangue humano não expia pecado e sim o sangue de animais que eram oferecidos no Mishkan e ao mesmo tempo dizer que Israel é esse servo que EXPIA pecado? (Yeshaiah, Isaías 53:10). Como pode ser Israel se no verso 6 (seis) o profeta diz que a iniquidade de nós todos, o Eterno fez cair sobre esse servo fiel? É evidente que aqui também se inclui a iniquidade de Israel. Como pode Israel sendo pecador expiar o pecado de alguém?


relojes web gratis




Data e hora local em Israel

Eis aqui um artigo, onde diz que alguns textos messiânicos foram traduzidos intencionalmente, afim de que aqueles que os lessem não identificassem Yeshua como o verdadeiro Mashiach; e outros textos que foram suprimidos ou cortados da leitura do Tanach, aos sábados nas sinagogas, pelo mesmo motivo já mencionado, acessem o endereço abaixo para comprovar isso:

Leiam esse artigo em português, acessando o endereço abaixo:


E para baixar esse artigo em PDF acesse o seguinte endereço:


Eu já sabia dessas aberrações nessa tradução da Bíblia Hebraica...

Fico feliz por existir no nosso meio gente que responde com conteúdo aqueles que interpretam as Escrituras intencionalmente.

Outra interpretação tendenciosa de Yeshaiah 53:

Vejam essa interpretação tendenciosa sobre o texto de Yeshaiah, Isaías 53:8 feita por esse judeu tradicional chamado חי מנחם, membro da comunidade TORÁ versus NOVO TESTAMENTO:

“Pela transgressão do meu povo houve ferimento para eles” - O Servo de forma coletiva foi atingido pela transgressão de todo o povo rebelde, e recebeu a ferida e o quebrantamento sem embora merecê-lo. A tradução deste verso poderá surpreender aquele que não está familiarizado com o hebraico bíblico, entretanto a expressão encontrada no final do verso (“para eles”) traduz-se do termo לָמוֹ [lamô]. Esta expressão hebraica é encontrada em cerca de 20 versos nas Escrituras, especialmente em Jó 24:17 e Sal 88:8 onde a mesma é vertida pela Almeida como “para eles” (note o plural).
No caso de nosso texto (Isa 53:8) não poderíamos esperar que as versões em português ou em qualquer outra língua moderna vertesse o termo desta forma, no plural pois isto seria um golpe fatal na ideia cristã de que o Servo do S-nhor retratado pelo profeta seria uma só pessoa, no caso Jesus. Percebemos aí e em muitos outros casos, a desonestidade intelectual dos chamados “eruditos” cristãos.
Ao usar o plural (“para eles”), Isaías demonstra cabal e insofismavelmente que o Servo do S-nhor é um personagem coletivo – não trata-se portanto de uma só pessoa, mas sim, de várias. Como vimos, o termo inclui todos os justos de Israel de todas as gerações, profetas, patriarcas, reis e pessoas comuns que fizeram a vontade de D-us, chamando o restante do povo ao arrependimento e à conversão."


Refutando essa interpretação tendenciosa:

O termo hebraico לָמוֹ [lamô] do texto de Yeshaiah, Isaías 53:8 foi usado aqui no singular, pois do contrário o texto não teria concordância pronominal, porque ficaria sem sentido nenhum por falar de alguém no singular e depois falar desse mesmo alguém no plural. Porém esse mesmo termo pode ser usado tanto para a terceira pessoa do plural como também para a terceira pessoa do singular, mas isso nunca no mesmo texto.

Confiram nos textos abaixo, os quais comprovam que o referido termo também é usado para a terceira pessoa do singular, além de Yeshaiah, Isaías 53:8:

Bereshit, Gênesis 9:26,27

Yeshaiah, Isaías 44:15

Tehilim, Salmos 28:8

Fonte de pesquisa:

a) Tanach

b) Benjamin Davidson, “The Analytical Hebrew and Chal Dee Lexicon”, Samuel Bagster e Sons Ltda, 72 Marylebone Lane, London Wi, 1794, Reprinted, 1967, 1970, páginas 14 e 432.

Portanto o Servo Sofredor de Yeshaiah, Isaías 53 não pode ser "OS JUSTOS" dentre o povo de Israel, mas sim UM JUSTO, a saber o Mashiach Yeshua, o qual como já disse foi o único homem justo em todo o sentido da palavra, isto é, que nunca pecou em toda sua vida. Porque existe uma diferença muito grande entre ser JUSTO e ser JUSTIFICADOS, pois justificados são todos os que têm a mesma fé de Avraham avinu, fé essa que justificou o patriarca diante de HaShem. (Bereshit, Gênesis 15:6).

"A PÉROLA" e as feridas do servo sofredor, vejam essa linda mensagem abaixo, cujo autor é desconhecido:

A Pérola

Pérolas são produto da dor, resultado da
entrada de uma substância estranha ou
indesejável no interior da ostra,
como um parasita ou um grão de areia.
A parte interna da concha de uma ostra
é uma substância lustrosa chamada nácar.
Quando um grão de areia penetra, as
células do nácar começam a trabalhar encobrem o grão de areia com camadas e mais camadas para proteger o corpo indefeso da ostra. Como resultado, uma linda pérola é formada. Uma ostra que não foi ferida, de algum modo, não produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada.

Vocês já se sentiram feridos pelas palavras rudes de um amigo?
Já foram acusados de falarem coisas que não disseram?
Suas idéias já foram rejeitadas?

Então que cada um produza uma pérola... cubra suas mágoas e as
rejeições sofridas com camadas de amor.

Lembrem-se apenas de que uma ostra que não foi ferida, não produz pérolas, pois uma pérola é uma ferida curada.
(Autor desconhecido).

Obs:

A PÉROLA MAIS LINDA E DE MAIOR VALOR foi formada pelas feridas de Yeshua, "...o castigo que nos traz a PAZ estava sobre Ele e pelas suas pisaduras fomos sarados." (Is. 53:5).

Um forte abraço e sempre em Yeshua ha Mashiach Melech ha yehudim.

Lehitraot.

פולוס וואלי ✡

Nota sobre minha assinatura:

"Origem judaica dos sobrenomes Valle, Vale.

פולוס - Polos / Paul / Paulo

וואלי - Valley / Valle / Vale

Porque o meu sobrenome Vale deveria ser com duas letras "L", mas por um erro do Cartório só tem uma.

Portanto, abaixo faço referência a um Rabino de renome com esse sobrenome Valle (וואלי):


Postar um comentário